Seis Coisas, Seis Links

O César, do Fronteiras no Tempo, resolveu me tirar da inércia em que me encontrava me convidando pra participar de um meme. As regras são estas:

# Linkar o blog da pessoa que te indicou.

# Escrever as regras do meme em seu blog.

# Contar 6 coisas aleatórias sobre você.

# Indique mais 6 pessoas e coloque os links no final do post.

# Ao publicar o post, avise aos seus indicados, deixando um comentário em seu blog.

Assim sendo, vamos às 6 coisas aleatórias sobre João Octávio Anderson Trindade Boaventura:

1 – Já fui muito religioso (até pensei em ser padre!), depois passei alguns anos sem acreditar em nada, agora encaro a religião numa boa (acredito, mas sem fanatismos)

2 – Já assisti Forrest Gump mais de 20 vezes.

3 – Sou viciado em tecnologia, sempre a fim dos mais novos gadgets.

4 – Detesto MSN. Na verdade, sinto falta do velho e bom IRC e seus canais na hoje extinta rede brasnet.

5 – Já tomei um porre com alguns amigos assistindo Rei Leão da Disney. Ao final do porre, todo mundo chorava com pena do leão.

6 – Viciado em histórias em quadrinhos. Tenho um armário com cadeado e corrente onde guardo as melhores obras (skreemer, sandman, watchmen, etc)

Indico para o meme os seguintes blogs:

Obitu-diario

Meu Conto de Fadas Particular

Respirando-me

Morangos Amargos

7 Razões

Coisas sobre uma dama

Anúncios

Desafio de Homero

César, do Fronteiras no tempo, me “convidou” pra um meme, desafiando-me a mostrar minha cara. Pois bem, como não é pra matar ninguém de susto, deve-se fazer o upload de uma foto pra este site, seguir as instruções e baixar uma foto de si mesmo ao estilo simpson pra postar no blog. Bem, aqui vai a minha:

Como todo meme que se preze, repasso pra:

– Camila, do Meu Conto de Fadas Particular

– Allan, do Óbitu-diário

– Pâmela, do Respirando-me

Meme Conhecendo

A sempre doce Camila me passou um meme e sinto-me na obrigação de responder. Chama-se conhecendo e basicamente se resume a responder algumas perguntinhas pessoais. Bem, aqui vai:

Quatro trabalhos que tive em minha vida:

Na verdade, “trabalho” é um termo genérico, diferente de emprego, mais abrangente. Então, aqui vai minha resposta:

  • Bancário (escriturário e depois caixa) – emprego em que entrei em 2004 e no qual continuo até hoje;

  • Estudante – terminei direito, mas pra mim a vida deixa de valer a pena quando não se tiver nada pra aprender;

  • Amigo – Tem coisa mais trabalhosa do que tentar ser amigo de alguém? Pois amigo não aquele que sempre concorda, sempre dá a mão… Amigo mesmo deve inclusive saber dar tapas (morais) pra ver se o outro acorda.

  • Viver – não apenas “passar pela vida”, mas viver com intensidade.

Quatro lugares em que vivi:

Essa é difícil. Vamos lá:

  • A casa da minha avó, em Juazeiro do Norte. Praticamente nasci e ainda vivo lá;

  • Minha caso no Barro, cidade em que trabalho;

  • A casa em que Padmé morou no Crato. Eu não morava lá, mas praticamente “vivia” por lá, dormindo mais lá do que em casa mesmo.

  • Blogosfera conta como um lugar? Eu só “vivi” fisicamente nos três lugares citados acima…

Quatro programas de tv que assistia quando criança:

Fácil. Vamos lá.

  • Caverna do dragão. Desenho animado que passava na globo;

  • Changeman. Seriado japonês, extinta rede manchete. Acho que foi um dos primeiros do gênero “cinco caras coloridos que têm um robô gigante e enfrentam monstros do espaço”;

  • Cavaleiros do zodíaco. Clássico da animação japonesa, também rede manchete;

  • Doug. Tv Cultura. Um guri estranho, meio nerd, com um amigo esquisito, apaixonado pela mais bela menina do bairro e sempre zoado pelos outros. Achava parecido comigo.

Quatro programas de tv que assisto:

Difícil. Não assisto mais tv, às vezes baixo um seriado pra ver no pc, nunca na tv, mas vamos tentar:

  • 24 horas. Só assisti até a terceira temporada, mas pretendo um dia assistir o resto;

  • Babylon 5. Seriado aos moldes de jornada nas estrelas. Não passa mais, mas como ainda não assisti tudo (falta o final da quarta e a quinta temporada completa), ainda tô assistindo, certo?;

  • Roswell – Série teen sobre um grupo de amigos na cidadezinha de Roswell que são, na verdade, alienígenas. Tem alguns episódios muito bons na primeira e segunda temporadas. Falta assistir a terceira, que foi a última produzida, mas já baixei na net.

  • Liga da Justiça – Série animada, essa eu assisto na tv mesmo quando tenho tempo.

Quatro filmes que assisto sempre que passam:

  • Edward, mãos de tesoura – clássico no natal.

  • Milagre na rua 34 – também passa sempre na época do natal.

  • Velocidade Máxima – alguém lembra?

  • Qualquer filme com J. Deep ou dirigido por Tim Burton.

Quatro lugares em que estive e voltaria:

  • Fortaleza;

  • Beberibe

Por incrível que pareça, fora a região do cariri (onde moro), eu só estive nesses dois lugares que valem a pena voltar.

Quatro formas diferentes que me chamam:

  • Octávio – eu prefiro assim;

  • João – a maioria me chama assim;

  • Tavinho – só Padmé e Ana Paula ousavam me chamar assim;

  • Juca – Apelido de infância, só os mais próximos, íntimos e antigos amigos têm permissão pra me chamar assim.

Quatro comidas favoritas:

  • Pizza;

  • Lasanha;

  • a combinação arroz-feijão-bife feito por minha avó – não há coisa melhor;

  • biscoito recheado de chocolate richerster com o café feito por minha avó.

Quatro lugares em que desejaria estar agora:

  • Em casa. Mas já estou em casa mesmo;

  • No Barro, pois lá mora Yvaine;

  • Na casa de meu filho, pois queria passar mais tempo com ele.

  • Em um barzinho, com uma boa companhia, ouvindo uma boa música (e olha que ainda são apenas nove da manhã, mas mesmo assim um barzinho seria bom – pra tomar uma coca).

Quatro coisas que não sei, mas devia:

  • Surfar. Tenho que aprender antes de morrer;

  • Nadar. Pré-requisito pra surfar, não?

  • Andar de bicicleta – nunca aprendi.

  • Escrever – um dia aprendo.

Quatro objetivos a curto prazo:

  • emagrecer mais dois quilos;

  • freqüentar uma academia;

  • aprender a cozinhar;

  • o projeto que estou chamado de “um barzinho com bom gosto”

Cinco amigos que me responderão: